Música

Prêmio BDMG Instrumental destaca a riqueza musical mineira

Amilton Godoy e Léa Freire fizeram uma apresentação surpresa no encerramento do Prêmio

Foto: Élcio Paraíso


“Em 60 anos de carreira, nunca havia visto o que presenciei nesses 3 dias de premiação. Fiquei embebecido com o que vi”, declarou o pianista e compositor Amilton Godoy

De 28 a 30 de abril, o 17º Prêmio BDMG Instrumental apresentou 12 compositores, arranjadores e instrumentistas. Mineiros ou residentes em Minas Gerais há mais de dois anos, os músicos reforçaram a tradição musical e instrumental do estado. Os músicos Deangelo Silva (pianista), Renato Saldanha (violonista), William Alves (trompetista) e Eduardo Sueitt (baterista) foram os vencedores e receberam a premiação de R$10.000 e shows em Belo Horizonte, no CCBB-BH, e no “Instrumental Sesc Brasil”, no Sesc São Paulo. Na capital mineira, os premiados poderão convidar um músico consagrado para o show.

A seleção foi realizada por uma comissão julgadora formada por Amilton Godoy, Zé Paulo Becker, Tabajara Belo, Marcos Nimrichter, Lea Freire, Cinthya Oliveira, Daniel Barbosa, Flávio Henrique, Kiko Ferreira, Priscila Rahal e Sarah Caramaschi. “Em 60 anos de carreira, nunca havia visto o que presenciei nesses 3 dias de premiação. Fiquei embebecido com o que vi”, declarou o pianista e compositor Amilton Godoy, presidente da comissão julgadora.

A variedade de sons foi uma marca nessa premiação, que contou também com instrumentos variados. Marimbas, vibrafone, violão, violino, piano dividiram espaço na edição que mostrou que a nova geração tem pesquisado e arriscado novos caminhos musicais, renovando a música instrumental que se faz em Minas.

Além dos quatro vencedores, os finalistas Leandro César e o grupo Sem Receita também foram premiados. O baterista Felipe Continentino e o pianista Deangelo Silva se destacaram como os melhores instrumentistas. O arranjo do grupo Sem Receita para o clássico “O Bêbado e a Equilibrista”, de João Bosco e Aldir Blanc, foi eleito o melhor desta 17º edição do Prêmio.

A partir de agora, os vencedores começam a escolher os seus convidados para os shows em BH, realizados de agosto a novembro. “Convido a todos para prestigiar os amigos e companheiros músicos nos shows. A música instrumental precisa mais do que nunca do apoio e da dedicação de todos vocês”, convidou Amilton na noite em que os vencedores foram anunciados.

A programação será divulgada em breve e estará disponível em nosso site.


LIVRO DE VISITAS

Digite o valor em vermelho do CAPTCHA e ajude-nos a manter o nosso site livre de SPAM.

Cadastre-se

Receba a nossa programação.

Digite o valor em vermelho do CAPTCHA e ajude-nos a manter o nosso site livre de SPAM.



Assuntos


Institucional

Apresentação
Enquete
Equipe
Estatuto Social
Fale Conosco
História
Raio de Luz

Fale Conosco

Você pode entrar em contato com a equipe do BDMG Cultural por meio do formulário abaixo e também pelo atendimento via chat.

FORMULÁRIO

CHAT