Música

Julia Branco vence a segunda edição do Prêmio Flávio Henrique


2019 é realmente o ano delas! Após a divulgação da compositora Luísa Mitre como vencedora do Prêmio Marco Antônio Araújo, de melhor CD instrumental, autoral e de produção independente, o Prêmio Flávio Henrique escolhe Soltar os Cavalos, de Julia Branco, como o melhor álbum de canção, autoral e independente produzido entre janeiro e dezembro de 2018.

O disco tem 11 faixas interpretadas pela própria cantautora. A produção e direção de Soltar os Cavalos são assinadas por Chico Neves, e os arranjos por Luiza Brina. A gravação contou com as participações dos músicos Paulo Santos, Uyara Torrente, Letícia Novaes (Letrux), Brisa Marques, Patrícia Rezende, Marcia Bonome e Theo Bonome. “Este disco é dedicado a todas as mulheres”, finaliza Julia nos agradecimentos do encarte do CD.

A seleção foi realizada por uma comissão julgadora formada por João Paulo Cunha, Kristoff Silva e Titane. “O disco escolhido pelos jurados, Soltar os Cavalos, de Julia Branco, tem muita força e ao mesmo tempo extrema delicadeza. Traz uma visão contemporânea da canção, sofisticada, mas que não perde a comunicação com o ouvinte e mantém sempre um vínculo com a emoção. É também um álbum que tem a característica de uma obra pensada cuidadosamente de forma integral, com unidade estética e temática. A cantora e compositora trata de questões do nosso tempo, tanto pessoais como coletivas, a partir de um olhar muito próprio, inteligente e sensível”, afirma o jornalista João Paulo Cunha.

João ainda comentou sobre os trabalhos inscritos e avaliados nesta segunda edição da premiação. “Os discos inscritos na segunda edição do Prêmio Flávio Henrique mostram a qualidade e diversidade da música feita em Minas Gerais. Os trabalhos compõem um panorama muito rico, com representação dos vários gêneros de canção, da tradição ao experimentalismo, sempre com acabamento cuidadoso em termos de linguagem musical e poética, o que é uma marca da música mineira”.

A vencedora será premiada no valor de R$10.000. No dia da finalíssima do 19º Prêmio BDMG Instrumental, dia 19 de maio, no Teatro Sesiminas, Julia Branco subirá ao palco para receber a premiação e os aplausos do público.

 

 

 


LIVRO DE VISITAS

Ajude-nos a manter nosso site livre de SPAM selecionando o campo do CAPTCHA.


Cadastre-se

Receba a nossa programação.

Digite o valor da soma 10+8?

Institucional

Apresentação
Equipe
Estatuto Social
Política de Patrocínio
Fale Conosco
História
Raio de Luz

Fale Conosco

Você pode entrar em contato com a equipe do BDMG Cultural por meio do formulário abaixo e também pelo atendimento via chat.

FORMULÁRIO

CHAT