BDMG Cultural

Dia do Patrimônio Cultural apresenta programação dedicada a cozinha e cultura alimentar

Foto: divulgação


A cozinha é um lugar carregado de sentidos, memórias, histórias e referências de um povo e de sua cultura. Para comemorar o Dia do Patrimônio Cultural este ano, o Circuito Liberdade receberá, entre 13 e 18 de agosto, diversas atividades gratuitas com o tema “Cozinha e Cultura Alimentar”. A programação tem patrocínio do BDMG Cultural.

Realizado pela Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, por meio do Iepha-MG, o evento contará com uma extensa programação gratuita que reunirá pesquisadores do Brasil, de Portugal, da Colômbia e do Chile.

Além de mesas-redondas, oficinas, feiras, intervenções urbanas e exposição de fotografias, haverá também o circuito gastronômico, com participação de bares e restaurantes da capital.

O auditório do BDMG, Marco Túlio, receberá no dia 14 de agosto, de 9h às 12h, uma mesa sobre “Sistemas Agrícolas Tradicionais como Patrimônio Cultural”, com Gustavo Taboada Soldati (UFJF), Maria de Fátima Alves (comissão em Defesa dos Direitos das Comunidades Extrativistas – Codecex) e Marcos Rabelo (Iphan). A mediação ficará a cargo de Heloísa Costa (UFMG).

Para participar das atividades, é necessário fazer inscrição pelo Sympla. A programação completa você confere aqui.

Vale lembrar que, no ano passado, o Dia do Patrimônio desenvolveu atividades voltadas para a cultura da viola em Minas Gerais. A partir de um levantamento coordenado pelo Iepha-MG, o instrumento foi identificado em diversos municípios mineiros, revelando a sua importância e a dos violeiros para todo o estado, tornando a viola um patrimônio imaterial de Minas.

Curiosidade!

Durante as comemorações do Dia do Patrimônio, o Iepha/MG lançará o projeto “Inventário Temático das Farinhas: Moinhos de Milho e Casas de Farinha em Minas Gerais.” O objetivo é identificar os locais de produção, produtos e produtores desses importantes farináceos que são base da alimentação de grande parte dos mineiros.

Espera-se que prefeituras, pesquisadores e sociedade em geral participem desse levantamento de forma colaborativa, por meio do preenchimento do cadastro disponível no site do Iepha. Ao final da pesquisa, serão propostas medidas de proteção e salvaguarda desses bens culturais. A previsão é que o estudo seja concluído no final de 2020.

 


LIVRO DE VISITAS

Ajude-nos a manter nosso site livre de SPAM selecionando o campo do CAPTCHA.




Saiba Mais

AUDITÓRIO DO BDMG

Rua Bernardo Guimarães, 1.600, Lourdes - entrada lateral à Galeria de Arte BDMG Cultural


Cadastre-se

Receba a nossa programação.

Digite o valor da soma 10+8?

Institucional

Apresentação
Equipe
Estatuto Social
Política de Patrocínio
Fale Conosco
História
Raio de Luz

Fale Conosco

Você pode entrar em contato com a equipe do BDMG Cultural por meio do formulário abaixo e também pelo atendimento via chat.

FORMULÁRIO

CHAT